Postagens

Montanha russa

Definitivamente o amor não é um sentimento!
O amor, no começo, dá alegria. Mas só no começo.
Depois disso é uma montanha russa.
Há momentos, inclusive, de profunda tristeza.
E digo mais, só é capaz de sentir uma tristeza profunda quem realmente ama.
Há momentos de raiva. E é nesses momentos que machucamos aqueles a quem amamos.
Parece uma contradição, mas palavras cheias de amor podem machucar.
É por isso que quando amamos, devemos medir as palavras.
Antes de abrir a boca, é preciso parar e pensar.
A razão deve julgar as emoções. Sim, o coração vai para o banco dos réus de vez em quando.
Crimes geralmente acontecem no calor do momento.
Foi isso que me aconteceu outro dia. Tive uma discussão com uma pessoa amada, e
justamente por amá-la.
O cuidado às vezes pode parecer intromissão, o conselho, julgamento.
Até mesmo compartilhar um pensamento que gostamos, pode parecer uma afronta se visto de
outra maneira.
E esse é o problema em amar: Amamos o outro. E o outro vê o mu…

Turist information

Avisem aos turistas
Que vierem conhecer a mata
Que por aqui
O tráfico mata
A polícia mata
A política mata
O trânsito mata
A fome mata
A miséria mata
O descaso mata
O preconceito, então, esse mata.
O ar mata
A água mata
E a falta d’água também mata
Tem bicho que mata, mas o homem é o que mais mata.
Avisem aos turistas que o pau canta, o pobre dança e o dinheiro dá o tom.
Avisem que por aqui a faca risca e o sangue corre.
Avisem que os cegos até enxergam, mas a maioria prefere fechar os olhos.
Só não se esqueçam de chamar a atenção a um detalhe.
Se há algo de belo em meio a este cenário, é a esperança, a solidariedade e a perseverança.
Que crescem na selva de pedra da humanidade.

Capitão bondade

Capitão bondade era um super-herói diferente.
Absolutamente incapaz de ferir alguém, mesmo em defesa própria.
Ele andava pelas ruas fazendo apenas gestos de bondade e ensinando as pessoas o caminho do bem.
Ninguém lhe dava muito ouvidos, mas gostavam de desfrutar o benefício de seus poderes
fantásticos.
Certa feita, ele entrou em um albergue e sarou as feridas de um velho pedinte. Em outra, curou os hematomas de uma prostituta que havia sido espancada e deixada na sarjeta.
Um dos casos mais comentados foi quando ele fez aparecer dinheiro na meia de um menino órfão que era extorquido pelos pais adotivos. O garoto havia perdido o dinheiro das esmolasem uma aposta e, provavelmente, seria surrado pelo tutor se voltasse de mãos vazias.
Mas nem todos gostavam do Capitão bondade. Seus atos incomodavam aqueles que se
favoreciam das mazelas alheias.
Conta-se que um político famoso, vereador da cidade, angariava muitos votos em troca de
favores a pessoas pobres da comunidade. Dona Júlia, eleito…

O mendigo e o vira-lata

Em meio à catástrofe social da nossa sociedade, surgem gestos e fatos que comovem e me devolvem a esperança na humanidade.Um exemplo disso é quando um mendigo adota um vira-lata. Acho isso bonito de muitas formas (apesar de também ser triste). Primeiro, porque um mendigo que mal tem como se sustentar adota um outro ser vivo para sustentar. Talvez por ambos se virem na
mesma situação eu acho. Até porque não é só o mendigo que adota o cachorro como também
o cachorro que adota o mendigo. Existe uma solidariedade mútua. Um oferece companhia e o
outro retribui com suas migalhas. Onde quer que o mendigo vá, o cachorro o segue e onde quer que o mendigo deite o cachorro deita. Normalmente apoiando a cabeça sobre o dono. Isso não é só um gesto de carinho do bicho como também uma forma de manter ambos aquecidos nas noites frias. Instintivamente heróico, o amigo de quatro patas late ao primeiro sinal de ameaça ao seu humano. Nada que um cafuné atrás da orelha não pague.O cão lhe lambe as feri…

A metáfora da bicicleta

Uma coisa de cada vez
Um problema de cada vez
Um trabalho de cada vez
Uma tarefa de cada vez
Um sentimento de cada vez
Um projeto de cada vez
Um sonho de cada vez
Uma luta de cada vez
Uma vitória de cada vez
Uma preocupação de cada vezInstalei um funil na minha mente e não vou mais processar nem duas coisas ao mesmo tempo.
É estressante, paralisante, frustrante e adoecedor.Quero paz e sossego no meu dia a dia, quero produzir muito sem me acabar, quero olhar para o que fiz com satisfação porque foi bem feito, quero viver mais alguns anos.Chega de pilhas de trabalho, chega de pensamentos empilhados, chega de sentimentos em cadeia.Não vou mais amontoar coisa alguma. Não há espaço no meu ser. Não sou um caminhão baú. A partir de agora, ando de bicicleta no caminho da existência. Uma garupinha só e mais nada. É “Just in time” no trabalho, na vida e na alma.

Não é de Deus quem diz que é de Deus

Não é de Deus quem diz que é de Deus.
É de Deus quem ama o próximo, ajudando nas necessidades até mesmo o “inimigo”.
É de Deus quem dá a outra face àquele que o feriu. O “ser de Deus” é indestrutível.
É de Deus quem perdoa e perdoa sempre, a mágoa não faz peso em seus ombros.
É de Deus quem está livre para amar e ser amado porque já se ama bastante. Não é de Deus quem diz que é de Deus.
É de Deus quem não está preocupado com performance, antes se alegra em fazer o bem ainda
que em oculto.
É de Deus quem não julga. Suas mãos não apedrejam nenhum pecador, nem tampouco a sua
língua.
É de Deus quem se alegra mesmo nas dificuldades, pois se sabe nas mãos do Todo-Poderoso.
É de Deus quem chora com os que choram, sua alegria interior não está cega para o problema
alheio.
É de Deus quem se alegra com os que se alegram, ao invés de ficar com inveja. Não é de Deus quem diz que é de Deus.
É de Deus quem faz mais do que lhe pedem. Seus ouvidos estão atentos a real necessidade e

O contrário de felicidade

O contrário de alegria é tristeza. 
O contrário de felicidade é um problema com o tempo. É uma mistura de mágoa com o passado, desatenção com o presente, desesperança com o futuro e descrença com a vida. Não se trata de sentimentos, mas de uma forma de viver. Porque o perdão é a única forma de se mudar o passado. O foco no presente, traz a paz e a serenidade necessárias para se atravessar quaisquer circunstâncias. A esperança nos diz que tudo vai passar e o novo nos aguarda logo adiante. A fé nos diz que o impossível, não só pode, como vai acontecer. Uma pessoa feliz pode sentir tristeza e alegria, mas nunca será destruída. Portanto, perdoe o passado, viva o presente, tenha esperança, acredite na vida e seja feliz.Não espere passivamente por uma emoção feliz, não seja refém dos seus sentimentos.Felicidade é uma questão de decisão.